Cultivares de sorgo para silagem de diferentes propósitos

Ricardo Martins Araujo Pinho Edson Mauro Santos Juliana Silva de Oliveira Higor Fábio Carvalho Bezerra Poliane Meire Dias de Freitas Alexandre Fernandes Perazzo Rosângela Claurenia da Silva Ramos Ana Paula Gomes da Silva Sobre os autores

Objetivou-se com este estudo avaliar o perfil fermentativo, perdas e a composição bromatológica de silagens de cinco cultivares de sorgo. Foi utilizado um delineamento experimental inteiramente casualizado com cinco repetições. Os tratamentos experimentais foram representados por cinco cultivares de sorgo (Sorghum bicolor (L). Moench): 'BRS Ponta Negra', 'BRS 610', 'BRS 655', 'BRS 800' e 'BRS 810'. Houve variação (P<0,05) para o pH nos genótipos estudados, com maior resultado para o genótipo 'BRS 610'. Os valores médios de ácido lático, ácido acético e ácido propiônico, diferiram entre as cultivares (P<0,05), variando de 32,9 a 59,5; 19,8 a 39,8; e 0,0 a 1.3g kg-1, respectivamente. A recuperação de matéria seca variou entre as cultivares (P<0,05), em que as silagens dos cultivares 'BRS Ponta Negra' e 'BRS 810', é que tiveram menor recuperação de matéria seca, com valores de 757,1 e 776,1g kg-1, respectivamente. Houve diferença (P<0,05) para teores de matéria seca, proteína bruta, extrato etéreo, fibra em detergente neutro, carboidratos não-fibrosos e carboidratos totais entre as cultivares. Conclui-se que, apesar das diferenças morfológicas e químicas entre as cultivares, as silagens resultantes tinham adequado padrão de fermentação.

conservação; ensilagem; qualidade; Sorghum bicolor.


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br