OCORRÊNCIA E DURAÇÃO DAS TEMPERATURAS MÍNIMAS DIÁRIAS DO AR PREJUDICIAIS À FECUNDAÇÃO DAS FLORES DO ARROZ EM SANTA MARIA. RS. III: PROBABILIDADES DE OCORRÊNCIA DA DURAÇÃO DAS TEMPERATURAS BAIXAS

OCCURENCE AND DURATION OF DAILY MINIMUM TEMPERATURES INJURIOUS TO FECUNDATION OF RICE FLOWERS IN SANTA MARIA, RS. III: OCCURENCE PROBABIUTIES OF THE DURATION WITH LOW TEMPERATURES

Utilizando os valores das temperaturas mínimas, máximas e das 21 h, hora local, dos meses de dezembro, janeiro, fevereiro e março registradas na Estação Climatológica Principal de Santa Maria, RS, determinaram-se as probabilidades de ocorrência da duração máxima de horas com temperatura do ar ≤ 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16 e 17,0°C e de seqüências de dias consecutivos com no mínimo uma hora de duração com temperatura do ar ≤ 15, 16 e 17,0°C. Essas probabilidades foram obtidas para cada decêndio dos meses estudados. Os resultados evidenciam que o risco de ocorrência de temperaturas prejudiciais à fecundação das flores da cultura do arroz é bem menor no 2° e 3° decêndio do mês de fevereiro. Deve-se, portanto, semear e/ou escolher ciclo de cultivar de arroz que possibilite que a fase de floração ocorra durante o 2° e 3° decêndio do mês de fevereiro.

arroz; frio; risco; probabilidade de ocorrência


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br