Accessibility / Report Error

Desempenho reprodutivo de fêmeas suínas submetidas à inseminação artificial intra-uterina ou à tradicional

Reproductive performance of sows submitted to intrauterine or tradicional artificial insemination

Foram utilizadas 298 fêmeas pluríparas Camborough 22® distribuídas em dois tratamentos: T1 (n=154), inseminação intra-uterina (IAU) com dose inseminante (DI) contendo 0,5 bilhão de espermatozóides em volume total de 20ml; e T2 (n=144), inseminação tradicional (IAT), com DI contendo 3,0 bilhões de espermatozóides em volume total de 90ml. Foi possível a realização da IAU em 98,1% das fêmeas. A presença de sangue na extremidade do cateter ou espiral da pipeta de IAU foi observada em 8,4% das fêmeas. As taxas de prenhez (TPr) e de parto ajustada não diferiram (P>0,05) entre a IAU e IAT. O tamanho da leitegada (TL) diferiu entre os tratamentos (P<0,05), sendo observada redução de 0,8 leitão na IAU. A presença de sangue na IAU não afetou a TPr significativamente, mas reduziu o TL em 2,6 leitões.

inseminação intra-uterina; inseminação artificial; suínos


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br