Quantificação da biomassa e do conteúdo de nutrientes em diferentes procedências de acácia-negra (Acacia mearnsii de wild.)

Marcos Vinicius Winckler Caldeira Sobre o autor

RESUMOS DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

Resumos de dissertações submetidas aos cursos de pós-graduação do Centro de Ciências Rurais da Universidade Federal de Santa Maria e de pesquisadores deste Centro

Quantificação da biomassa e do conteúdo de nutrientes em diferentes procedências de acácia-negra (Acacia mearnsii de wild.)1 1 Resumo da dissertação apresentada ao curso de Pós-graduação em Engenharia Florestal, Centro de Ciências Rurais(CCR), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em 31/08/1998.

Autor: Marcos Vinicius Winckler Caldeira2 1 Resumo da dissertação apresentada ao curso de Pós-graduação em Engenharia Florestal, Centro de Ciências Rurais(CCR), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em 31/08/1998.

Comissão Examinadora: Mauroi Valdir Schumacher3 1 Resumo da dissertação apresentada ao curso de Pós-graduação em Engenharia Florestal, Centro de Ciências Rurais(CCR), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em 31/08/1998. Fábio Poggiani4 1 Resumo da dissertação apresentada ao curso de Pós-graduação em Engenharia Florestal, Centro de Ciências Rurais(CCR), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em 31/08/1998. Flávio Luiz Foleto Eltz5 1 Resumo da dissertação apresentada ao curso de Pós-graduação em Engenharia Florestal, Centro de Ciências Rurais(CCR), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em 31/08/1998.

Foram quantificados a biomassa e o conteúdo de nutrientes em três procedências Australianas de acácia-negra (Acacia mearnsii De Wild.) com 2,4 anos de idade. As três procedências de acácia-negra encontravam-se estabelecidas em solos de baixa fertilidade, com acidez elevada e localizavam-se na Fazenda Menezes, no Distrito de Capão Comprido, município de Butiá/RS, pertencente à Empresa Florestal Agroseta SA. Foi selecionado um total de nove árvores para comporem as amostras po procedência. A amostragem destrutiva constituiu na indvidualização dos compartimentos da biomassa arbórea acima do solo (folhas, galhos vivos, galhos mortos, casca e madeira) para tomada de amostras, visando à determinaçao da matéria seca e do conteúdo de nutrientes. A produção de biomassa aérea para a procedência Batemans Bay foi de 36,1Mg ha-1 com o seguinte percentual de distribuição: 20% nas folhas; 19,5% nos galhos vivos; 2,8% nos galhos mortos; 11,85 na casca e 45,9% na madeira. Para a procedência Bodalla, o total de biomassa aérea foi de 19,4Mg ha-1 com 22,4; 0,4; 12,4; 45,0% acumulados nas folhas, galhos vivos, galhos mortos, casca e madeira, respectivamente. Na procedência Lake George Bunge Dore, a produção de biomassa aérea foi de 41,1Mg ha-1 com o seguinte percentual de distribuição: 18,2% nas folhas, 19,5 % nos galhos vivos, 1,2% nos galhos mortos, 11,6% na casca e 49,5% na madeira. As quantidades de nutrientes contidos na biomassa total de procedência Batemans Bay foram de 297,87kg ha-1 de N; 14,32kg ha-1 de P; 191,74kg ha-1 de K; 101,06kg ha-1 de Ca; 28,92kg ha-1 de Mg e 18,28kg ha-1 de S. Já para procedência Bodalla encontrou-se 182,14kg ha-1 de N; 8,17kg ha-1 de P; 104,38kg ha-1 de K; 66,67kg ha-1 de Ca; 16,06kg ha-1 de Mg e 10,03kg ha-1 de S. As maiores quantidades de nutrientes foram encontradas na procedência Lake George Bunge Dore, com: 334,37kg ha-1 de N; 23,65kg ha-1 de P; 259,67kg ha-1 de K; 107,73kg ha-1 de Ca; 35,09kg ha-1 de Mg e 21,43kg ha-1 de S. Do ponto de vista ecológico e silvicultural, as três procedências exportaram quantidades semelhantes de todos os nutrientes. Principalmente o K, Ca e Mg são mais exportados quando são colhidas a madeira mais casca total.

Palavras-chave: biomassa, ciclagem de nutrientes, Acacia mearnsii De Wild.,sustentabilidade.

  • 1
    Resumo da dissertação apresentada ao curso de Pós-graduação em Engenharia Florestal, Centro de Ciências Rurais(CCR), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em 31/08/1998.
  • 2Engenheiro Florestal, MSc. em Engenharia Florestal, CCR, UFSM.

    3Engenheiro Florestal, Doutor, Professor Adjunto, Departamento de Ciências Florestais, CCR, UFSM.

    4Engenheiro Florestal, Doutor, Professor , Departamento de Ciências Florestais, ESALQ/USP.

    5Engenheiro Agrônomo, Doutor, Professor, Departamento de Solos, CCR, UFSM.

    Recebido para publicação em 01.02.99. Aprovado em 17.03.99

    1 Resumo da dissertação apresentada ao curso de Pós-graduação em Engenharia Florestal, Centro de Ciências Rurais(CCR), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em 31/08/1998.

    Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      11 Dez 2006
    • Data do Fascículo
      Mar 2000
    Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
    E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br