Atividade protetora, curativa e erradicante de fungicidas no controle de ferrugem da videira

Francislene Angelotti Claudia Regina Scapin Buffara Dauri José Tessamnn Rafael Augusto Vieira João Batista Vida Sobre os autores

As atividades protetoras, curativas e erradicantes dos fungicidas azoxystrobin, pyraclostrobin+metiram, tebuconazole e ciproconazole foram avaliadas em relação à ferrugem, em casa de vegetação. Para a avaliação da atividade protetora, folhas de plantas de videira ´Niagara´ (Vitis labrusca) foram artificialmente inoculadas com uma suspensão de urediniósporos de P. euvitis aos quatro, oito e 14 dias após a pulverização dos fungicidas; e, para a avaliação das atividades curativas e erradicantes, as plantas foram pulverizadas com fungicidas aos quatro, oito e 14 dias após a inoculação do patógeno. A severidade da doença foi avaliada 14 dias após cada inoculação. Todos os fungicidas apresentaram excelente atividade protetora; no entanto, os fungicidas tebuconazole e ciproconazole proporcionam melhor controle curativo do que azoxystrobin e pyraclostrobin + metiram. Verificou-se também que todos os fungicidas testados reduziram significativamente a germinação dos urediniósporos produzidos nas folhas tratadas.

controle químico; Phakopsora euvitis; Vitis sp


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br