Juvenis de carpa capim alimentados com capim teosinto e suplementados com diferentes taxas de arraçoamento

Grass carp juveniles fed with teosinte grass and supplied with different feeding rates

Mário Leão Costa João Radünz Neto Rafael Lazzari Marcos Eliseu Losekann Fernando Jonas Sutili Ângelo Zuliane Brum Cátia Aline Veiverberg João Augusto Grzeczinski Sobre os autores

Avaliou-se o desenvolvimento de juvenis de carpa capim (Ctenopharyngodon idella) alimentados com capim teosinto (Euchlaena mexicana) e suplementados com ração. Realizaram-se dois experimentos, de 45 dias, utilizando 240 juvenis em cada um (peso médio: 10,9±0,3g e 20,2±0,2g). No experimento 1, os peixes foram alimentados com capim teosinto mais ração, em 4 níveis de suplementação: 1, 2, 3 e 4% do PV, denominados S1, S2, S3 e S4. No experimento 2, testou-se: C=Somente Capim Teosinto; SD=Capim Teosinto+ Suplementação diária (3%PV); SA=Capim Teosinto + Suplementação a cada dois dias (3%PV); R=Somente ração (3% PV). No experimento 1, observou-se aumento linear positivo do peso em relação à suplementação com ração. A melhor taxa de crescimento específico foi obtida com o tratamento S4. O rendimento de filé foi maior nos tratamentos S3 e S4. No experimento 2, para a variável peso, o tratamento SD diferiu significativamente dos demais. Os tratamentos SD, SA e R não diferiram estatisticamente em relação ao rendimento de filé, porém, houve diferença entre o tratamento SD e o C. Conclui-se que a associação do capim teosinto com a ração (3%PV) proporciona bom crescimento para juvenis de carpa capim.

nutrição; forragem; peixes; ração; rendimento de carcaça


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br