Accessibility / Report Error

Influência do gene de resistência múltipla (MDR1) e da P-glicoproteína na farmacocinética e farmacodinâmica de drogas terapêuticas

P-glicoproteína (P-gp) é um transportador de membrana ligado ao gene de resistência múltipla (MDR1), expressado em células tumorais e também em tecidos normais como intestino, fígado, rins, membranas hematoencefálica, hemo-placentária e medula espinhal. A P-gp já foi identificada em camundongos, ratos, bovinos, macacos, roedores e seres humanos e tem ganhado relevância clínica particular em função de sua expressão limitar o acesso de drogas ao cérebro e interferir com a absorção intestinal quando administradas pela via oral. Esta proteína participa da função protetora do organismo contra uma grande variedade de substratos, evitando a entrada de drogas no sistema nervoso central. A P-gp interfere também com a biodisponibilidade dos fármacos, incluindo absorção, distribuição, metabolização e excreção, influenciando assim, a farmacocinética e dinâmica dos mesmos. Desta maneira, a modulação da P-gp pode explicar alguns efeitos adversos no sistema nervoso central, induzidos por alguns fármacos após administração intravenosa, e a pobre resposta após administração oral em pacientes. A alteração na expressão ou função da P-glicoproteína tem sido associada a uma maior susceptibilidade a diversas doenças em humanos e animais. Estudos adicionais relacionados à expressão e à função da P-gp espécie-específica têm implicação clínica importante em termos de eficiência de tratamento.

gene MDR1; P-glicoproteína; terapêutica; farmacologia


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br