Atendimentos de emergência por lesões relacionadas ao trabalho: características e fatores associados - Capitais e Distrito Federal, Brasil, 2011

Márcio Dênis Medeiros Mascarenhas Mariana Gonçalves de Freitas Rosane Aparecida Monteiro Marta Maria Alves da Silva Deborah Carvalho Malta Carlos Minayo Gómez Sobre os autores

Lesões relacionadas ao trabalho, geralmente classificadas como acidentes de trabalho (AT), destacam-se dentre atendimentos por causas externas (acidentes e violência) nos serviços de saúde. Para descrever as características e os fatores associados aos atendimentos de emergência por AT, realizou-se estudo transversal com dados do Inquérito de Violências e Acidentes em Serviços de Emergência (VIVA Inquérito 2011), em 24 capitais e no Distrito Federal. Estimaram-se prevalências de atendimentos por AT e razões de prevalência (RP) com respectivos intervalos de confiança de 95% (IC95%). Foram incluídos 29.463 atendimentos de emergência por causas acidentais na população a partir de 18 anos de idade. A prevalência de AT foi de 33,4% e apresentou associação positiva e significante com sexo masculino, faixa etária de 30 a 59 anos, ser trabalhador de indústrias, setor agropecuário ou serviços de reparação e manutenção. A ocorrência de AT foi significativamente maior nos atendimentos por queda de objeto sobre pessoa (RP = 3,37; IC95% 2,80-4,05) e ferimento por objeto perfurocortante (RP = 3,01; IC95% 2,50-3,65). Os resultados podem subsidiar a vigilância de causas externas e direcionar políticas públicas voltadas para a promoção da saúde do trabalhador.

Saúde do trabalhador; Acidentes de trabalho; Causas externas; Serviços médicos de emergência


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br