Accessibility / Report Error

A influência do padrão de aleitamento no desenvolvimento de hábitos de sucção não nutritivos na primeira infância

The influence of feeding methods in the development of nonnutritive sucking habits in childhood

Sabrina Sales Lins de Albuquerque Ricardo Cavalcanti Duarte Alessandro Leite Cavalcanti Érika de Morais Beltrão Sobre os autores

O estudo analisou a relação entre o padrão de aleitamento e o desenvolvimento de hábitos de sucção não-nutritivos em crianças de 12 a 36 meses de idade, de creches públicas na cidade de João Pessoa (PB). A amostra constou de 292 crianças, de ambos os gêneros e a coleta de dados abrangeu entrevistas com as mães/responsáveis. As informações dos formulários consistiam na descrição da frequência e duração dos hábitos de sucção não-nutritivos, bem como dos métodos de aleitamento. Os dados foram analisados através do programa SPSS, realizando-se distribuições de frequências e os testes estatísticos do qui-quadrado e Exato de Fisher. Observou-se que, com relação à presença de hábitos de sucção não-nutritivos, 69,2% das crianças tinham algum tipo de hábito, sendo 61,6% a sucção de chupeta e 8,2% a sucção digital. De toda a amostra, 10,2% realizaram aleitamento natural exclusivo, 4,9%, o aleitamento artificial exclusivo e 84,9%, o aleitamento misto. Considerando os tipos de aleitamento, 83,8% das crianças realizaram aleitamento natural exclusivo durante os seis primeiros meses de vida. O padrão de aleitamento apresentou associação significativa com a presença de hábitos de sucção não-nutritivos. Quanto maior a duração do aleitamento natural exclusivo, menor a prevalência de hábitos de sucção não-nutritivos e o padrão de aleitamento.

Aleitamento materno; Hábitos de sucção; Alimentação artificial


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br