A população lésbica em estudos da saúde: contributos para uma reflexão crítica

The lesbian population in health studies: contributions for a critical reflection

António Manuel Marques João Manuel de Oliveira Conceição Nogueira Sobre os autores

Durante décadas, no pensamento e nas práticas das ciências da saúde e da psicologia a sexualidade lésbica foi associada à patologia. Ao longo do século XX, este posicionamento modificou-se. Este trabalho analisa essas mudanças numa reflexão teórica focada no domínio da saúde das lésbicas, no qual predominam as concepções e práticas heteronormativas e heterossexistas, tanto na investigação como na prestação de cuidados. Através de uma contextualização crítica da literatura, identificamos as necessidades específicas das lésbicas, questionamos as intervenções dos profissionais e serviços de saúde e propomos medidas de ação concretas de promoção da saúde e de erradicação da desigualdade e discriminação.

Lésbicas; Saúde; Sexualidade; Serviços de saúde


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br