Bioterrorismo: dados de uma história recente de riscos e incertezas

Bioterrorism: data of a recent history of risks and uncertainties

Dora Rambauske Cardoso Telma Abdalla de Oliveira Cardoso Sobre os autores

O bioterrorismo é hoje uma ameaça real em todo o mundo. Considerando-se que as ações de bioterrorismo utilizam agentes biológicos capazes de promover grandes epidemias e sobrecarga nos sistemas de saúde de qualquer cidade, estado ou país, o bioterrorismo passa a ser não apenas uma preocupação de governantes e militares, mas também dos profissionais da área da saúde. Este artigo discute, através de uma revisão bibliográfica, nas bases de dados LILACS, MEDLINE, SciELO e REPIDISCA, no período de 1997 a 2007, as características das publicações nacionais relacionadas ao bioterrorismo, o tipo de agentes biológicos estudados e o conhecimento já existente no país para fazer frente a um evento de bioterrorismo, a fim de subsidiar com informação os profissionais que irão atuar em ações de primeira resposta aos eventos de bioterrorismo e que são imprescindíveis para reduzir o número de vítimas.

Bioterrorismo; Guerra biológica; Agentes biológicos


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br
Accessibility / Report Error