Accessibility / Report Error

Parto domiciliar planejado no Brasil: uma revisão sistemática nacional

Planned home birth in Brazil: a systematic review

Resumo

O parto domiciliar planejado (PDP) tem crescido cada vez mais no Brasil, especialmente nos grandes centros urbanos, frente à crescente insatisfação das mulheres com o sistema obstétrico hospitalar vigente. Estudos internacionais demonstram a segurança do PDP, porém a produção nacional ainda é limitada nesta área. Desta maneira, este estudo objetivou revisar a produção bibliográfica nacional acerca de parto domiciliar entre os anos de 2008 e 2018, a fim de compilar dados relacionados ao PDP no Brasil. Após levantamento, 18 estudos foram incluídos na revisão, sendo subdivididos nas seguintes categorias: “Desfechos maternos e neonatais dos PDP”, “Sentimentos, motivação e perfis associados à escolha pelo PDP”, “Percepção dos profissionais que atendem PDP” e “Abordagem teórica do PDP”. Concluiu-se que o PDP tem crescido entre parcelas privilegiadas da população, representando importante prática de exercício da autonomia da mulher em contraponto ao modelo obstétrico vigente, apresentando-se como alternativa segura de local de parto, com alto grau de satisfação para as mulheres e famílias. Este modelo de assistência, entretanto, apresenta-se como opção limitada, uma vez que o PDP não é oferecido pelo Sistema Único de Saúde, ainda inacessível para a maioria das mulheres no país.

Palavras-chave
Parto domiciliar; Tocologia; Parto Humanizado

ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br