Marcadores do consumo alimentar de pacientes diabéticos avaliados por meio de um aplicativo móvel

Maria Cristina Zanchim Vanessa Ramos Kirsten Ana Carolina Bertoletti De Marchi Sobre os autores

Resumo

Este trabalho objetiva avaliar os marcadores do consumo alimentar de pacientes diabéticos por meio de um aplicativo móvel. Estudo transversal, realizado com 100 adultos e idosos portadores de Diabetes Mellitus tipo 2, internados em um hospital do interior do estado do Rio Grande do Sul. Para a coleta de dados utilizou-se o aplicativo móvel Diabetes FoodControl. Na associação da adequação dos marcadores do consumo com as variáveis investigadas, utilizou-se o teste do qui-quadrado ao nível 5% de significância. Identificou-se alto percentual de indivíduos com excesso de peso e adiposidade abdominal, além de inadequado controle glicêmico. A frequência de consumo alimentar adequado foi mais prevalente para os grupos alimentares: frituras (82%), leite ou iogurte (71%), frutas frescas (70%), feijão e bebidas açucaradas (68%, cada), biscoitos doces e guloseimas (57%) e salada crua (56%). A adequação do consumo de marcadores não saudáveis foi mais frequente em diabéticos com renda inferior a quatro salários mínimos e entre os que não tinham hipertensão arterial sistêmica associada, respectivamente. A frequência de consumo dos marcadores pode ser considerada adequada em sua maioria, entretanto faz-se necessário acompanhamento nutricional, a fim de corrigir as alterações do estado nutricional e do controle glicêmico.

Diabetes Mellitus; Consumo alimentar; Dieta

ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br