Perfil da utilização de antimicrobianos em um hospital privado

The profile of antimicrobial utilization in a private hospital

Os antimicrobianos são um dos grupos de medicamentos mais prescritos nos hospitais e que causam uma grande preocupação quanto à adequação do seu uso. Descreveu-se o perfil dos antimicrobianos utilizados num hospital privado do interior do Rio Grande do Sul, analisando a quantidade consumida de cada antimicrobiano. Foram analisadas todas as prescrições de pacientes que utilizaram antimicrobianos enquanto internados no período de março a junho de 2006. O consumo dos antimicrobianos foi expresso em dose diária definida (DDD) por 100 leitos-dia. As análises de utilização de antimicrobianos foram feitas em geral e estratificadas por grupos de idade e por clínicas médicas. Durante o período em estudo, a prevalência do uso de antimicrobianos foi de 52,4% (IC95% 49,2-55,7). As cefalosporinas foram as mais utilizadas (43,4%), seguidas das penicilinas (16,3%), fluorquinolonas (13,0%) e aminoglicosídeos (9,7%). O alto consumo de antimicrobianos durante o período em estudo é resultado da ausência de uma política de controle dos medicamentos prescritos no hospital e da falta de protocolos de uso de antimicrobianos. Para que haja um controle do consumo de antimicrobianos, os hospitais devem assumir uma política de vigilância sobre as prescrições deste grupo de medicamentos.

Antimicrobianos; Utilização de medicamentos; Dose diária definida; Prescrições hospitalares


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br