Conhecimento sobre a farmacoterapia por portadores de Hipertensão Arterial Sistêmica

Knowledge about pharmacotherapy among hypertensive patients

O objetivo do estudo foi avaliar o conhecimento sobre a farmacoterapia em usuários de medicamentos para hipertensão arterial. Estudo quantitativo transversal com adultos de 20 anos ou mais de idade, usuários de anti-hipertensivos dispensados na Farmácia Básica de São Francisco de Paula, RS. Avaliou-se o conhecimento sobre o nome do medicamento, indicação terapêutica, dose, frequência/horários de administração e duração do tratamento, por meio de um escore (0-5). Utilizou-se regressão linear múltipla para investigar a relação com características dos usuários. Entrevistou-se 678 usuários de medicamentos. A média de escore de conhecimento foi de 3,27 (dp = 1,16). Menor idade, maior escolaridade, cor da pele branca, melhor percepção de saúde e menor número de medicamentos prescritos mostraram-se associados a um maior escore de conhecimento. Observou-se um conhecimento limitado em relação a todos os aspectos avaliados, o que pode comprometer o uso correto e seguro da farmacoterapia, sugerindo a necessidade de melhor orientação e acompanhamento dos usuários para o controle dessa morbidade.

Conhecimentos; atitudes e prática em saúde; Hipertensão; Farmacoterapia; Anti-hipertensivos


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br