A afetividade do agente comunitário de saúde no território: um estudo com os mapas afetivos

The affection of the community healthcare agent in the territory: a study with affective maps

Yandra Raquel do Nascimento Bezerra Maria Zelfa de Souza Feitosa Sobre os autores

Resumo

O agente comunitário de saúde é um profissional essencial no contexto da Atenção Básica à Saúde, atuando no acompanhamento das famílias no território. O objetivo deste estudo foi analisar as implicações da afetividade na atuação do agente comunitário de saúde no território. As noções teóricas deste estudo estão baseadas na Psicologia Social de base histórico-cultural e na Psicologia Ambiental. A pesquisa foi realizada com dez agentes comunitários de saúde de uma Unidade Básica de Saúde em um município cearense. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cuja coleta de dados foi realizada por meio da aplicação da parte qualitativa do Instrumento Gerador dos Mapas Afetivos (IGMA). Os dados foram analisados por meio da Análise de Conteúdo Categorial e da Análise do subtexto, do sentido e do motivo. Os resultados obtidos revelaram que a possibilidade do encontro com o outro e do vínculo construído com as famílias se torna potencializador da ação dos agentes comunitários de saúde, fazendo emergir uma implicação positiva com o território, mesmo diante do contexto de dificuldades. Esperamos que esta pesquisa contribua para delinear novas perspectivas a respeito da atuação do agente comunitário de saúde no contexto da política de Atenção Básica à Saúde.

Agente Comunitário de Saúde; Afetividade; Mapa afetivo; Estima de lugar

ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br