A qualitative study on factors associated with intimate partner violence in Colombia

Shirley Evelyn Lennon Adriana María Ramírez Aramburo Eliana Maritza Morales Garzón María Adelaida Arboleda Andrés Fandiño-Losada Sara Gabriela Pacichana-Quinayaz Gloria Inés Rodas Muñoz María Isabel Gutiérrez-Martínez Sobre os autores

Resumo

A violência por parceiro íntimo (VPI) é uma violação dos direitos humanos e um grave problema de saúde pública global. Este estudo investigou fatores associados à VPI em mulheres sobreviventes na Colômbia. Quatro discussões de grupos focais com mulheres sobreviventes de VPI e 15 entrevistas com informantes-chave com profissionais de serviços sócio-médico-legais foram realizadas usando amostragem intencional nas cidades de Cali e Tuluá. As transcrições foram analisadas manualmente, sob um ponto de vista construtivista social e uma abordagem de análise de conteúdo. Os fatores associados à VPI foram divididos em 4 temas: crenças culturais, ciúmes, abuso de álcool e história pessoal da VPI. O primeiro tema foi dividido em: patriarcado, papéis de gênero, normalização da violência, desconhecimento de direitos, dependência econômica e ‘homens possuem mulheres’. VPI foi descrita como uma construção sociocultural formada por valores patriarcais e processos individuais. A VPI é causada por uma complexa interação de diferentes fatores nos níveis do indivíduo, relacionamentos, comunidade e social. Os órgãos governamentais e não governamentais e a sociedade são instados a criar juntos estratégias preventivas e específicas no contexto.

Palavras-chave:
Violência por parceiro íntimo; Saúde da Mulher; Abuso Físico; Violência

ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br