Agente comunitário de saúde: perfil adequado a realidade do Programa Saúde da Família?

Community Health Agent: status adapted with Family Health Program reality?

Karina Tonini dos Santos Nemre Adas Saliba Suzely Adas Saliba Moimaz Renato Moreira Arcieri Maria de Lourdes Carvalho Sobre os autores

O presente artigo analisa o perfil e a realidade de trabalho dos agentes comunitários de saúde, visando contribuir para a otimização do Sistema Único de Saúde (SUS), especialmente em municípios de pequeno porte. Foram discutidos aspectos relacionados a sua inserção na equipe do Programa de Saúde da Família (PSF) e a sua interação com a comunidade adscrita. Observou-se, entre outros, que há falta de motivação e experiência por parte dos agentes, o que compromete a qualidade da atuação na comunidade. Sabe-se que tais fatos encontrados são reflexos e consequências de todo um contexto estabelecido. Torna-se necessário um profundo repensar de prática por parte da equipe e, especialmente, dos gestores, tendo como base os princípios que regem o SUS e o PSF.

Agente comunitário de saúde; Serviços de saúde; Programa Saúde da Família


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br