Evidência sobre técnicas e parâmetros de avaliação nutricional para crianças e adolescentes: revisão sistemática

Aline dos Santos Sampaio Matias Epifanio Caroline Abud Drumond Costa Vera Lúcia Bosa Franceliane Jobim Benedetti Edgar Enrique Sarria Suelen Goecks Oliveira Eduardo Mundstock Rita Mattiello Sobre os autores

Resumo

O objetivo deste artigo é revisar sistematicamente as evidências sobre as técnicas de avaliação nutricional e parâmetros utilizados para determinar o estado nutricional em crianças e adolescentes. Revisão da literatura com busca nas bases de dados, Medline, Lilacs, SciELO e Embase, além de arquivos pessoais. Identificamos 17 artigos que relatavam dados de diferentes populações, sete estudos abordaram os índices antropométricos, quatro o crescimento e o desenvolvimento de crianças e adolescentes por meio de curvas de crescimento, e o restante a composição corporal. Todos preencheram os critérios de qualidade, com exceção das limitações. A revisão da literatura sugere diversas técnicas e parâmetros que podem ser aplicados para determinar o estado nutricional de crianças e adolescentes de diferentes países. Gráficos de crescimento são essenciais para avaliar a saúde de crianças, mas depende muito das tabelas de crescimento utilizadas. Embora o IMC seja prático, não distingue a gordura corporal de massa magra. Existem várias técnicas para avaliar proporções, tamanho e composição corporal. A melhor interpretação da antropometria dependerá de valores de referência válidos para a faixa etária da população estudada. BIA é um método factível, mas tem algumas limitações para a realização do exame.

Estado nutricional; Crianças; Composição corporal

ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br