Coocorrência de violência física e psicológica entre adolescentes namorados do recife, Brasil: prevalência e fatores associados

Co-occurrence of physical and psychological violence among dating adolescents in Recife, Brazil: prevalence and associated factors

Alice Kelly Barreira Maria Luiza Carvalho de Lima Joviana Quintes Avanci

Os objetivos foram estimar a prevalência de perpetração de violência física e psicológica entre adolescentes namorados de Recife, identificar fatores associados e a coocorrência de ambos os tipos de violência. Participaram do estudo 302 adolescentes de escolas públicas e particulares, com idade entre 15 e 19 anos, que tiveram algum relacionamento amoroso no último ano e esses preencheram o questionário. Foram realizadas análise univariada e regressão logística e todas as análises estatísticas incorporaram o peso amostral e o desenho da amostra complexa. A prevalência de violência física foi de 19,9%, de 82,8% para violência psicológica e de 18,9% para a coocorrência de violência física e psicológica. Os adolescentes que vivenciaram violência na comunidade e em relacionamentos de mais de um ano de duração apresentaram maiores chances de perpetrar violência psicológica. Enquanto, sofrer violência física do pai, entre irmãos e em namoros anteriores, além de ter perpetrado violência verbal em relacionamentos anteriores, foram variáveis que aumentaram a chance de perpetração de violência física e psicológica no namoro. Conclui-se que a violência psicológica e a coocorrência de violência física e psicológica possuem uma dinâmica distinta da violência física no namoro.

Adolescentes; Violência; Fatores de risco


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br