Diferentes faces da depressão no suicídio em idosos

Different aspects of depression in suicide among the elderly

Fátima Gonçalves Cavalcante Maria Cecília de Souza Minayo Raimunda Matilde do Nascimento Mangas Sobre os autores

O artigo analisa diferentes faces da depressão associadas a suicídio em idosos, a partir de autópsias psicológicas. Utilizou-se um método retrospectivo para o estudo de mortes indeterminadas, a partir de entrevistas e laudos, que analisa circunstâncias psicossociais associadas ao suicídio. O artigo traz uma predominância de gênero, classe social e raça - mulheres, classe média e alta, brancos - e contextualiza de modo inédito a depressão numa população de alto risco de suicídio, pouco estudada no Brasil e no mundo. Buscou-se reconstituir o nível de saúde física e mental, as circunstâncias sociais e os traços biográficos marcantes para compreender a magnitude da depressão no suicídio. A depressão apareceu na quase totalidade dos casos como diagnóstico primário ou secundário, como sintoma associado a outras comorbidades ou como reação a estressores sociais, demandando diferentes condutas e procedimentos terapêuticos. A associação entre depressão e comorbidade múltipla agrava o prognóstico do caso e amplia cumulativamente o risco de suicídio. A depressão acompanhada de ideações suicidas é um fator de risco que justifica medidas preventivas e imediatas. Recomenda-se ampliar as formas de diagnosticar e tratar assertivamente a depressão em idosos.

Suicídio em idosos; Depressão; Autópsia psicológica


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br