Prevalência de traumatismo dentário e fatores associados em escolares do município de Palhoça (SC)

Prevalence of traumatic dental injuries and associated factors in schoolchildren of Palhoça, Santa Catarina State

O aumento dos níveis de violência, do número de acidentes de trânsito e uma maior participação das crianças em atividades esportivas contribuem para transformar o traumatismo dental em um problema de saúde pública emergente. Todavia, ainda há carência de dados que mostrem o comportamento deste agravo no Brasil. O objetivo desse estudo foi conhecer a prevalência de traumatismo na dentição permanente e fatores associados em escolares de doze anos de idade de Palhoça (SC). Foi realizado um estudo transversal envolvendo uma amostra representativa dos escolares (n=405). Os critérios de classificação do traumatismo foram os mesmos usados no levantamento nacional do Reino Unido. Testou-se associação entre a prevalência e fatores clínicos e socioeconômicos por intermédio do qui-quadrado. A prevalência encontrada foi de 22,5%, sendo estatisticamente maior no sexo masculino. A maioria dos danos traumáticos foram de pequena magnitude, mas encontrou-se alta necessidade de tratamento entre os dentes passíveis de tratamento imediato. Pode-se concluir que foram altas a prevalência e a necessidade de tratamento do traumatismo dentário em Palhoça. A prevalência não mostrou associação com fatores socioeconômicos ou clínicos.

Traumatismo dentário; Prevalência; Saúde bucal; Escolares


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br