Psicodinâmica da violência de grandes grupos e da violência de massas

Large-group psychodynamics and massive violence

A partir de Freud, as teorias psicanalistas sobre grandes grupos focalizam, principalmente, as percepções e os significados que, psicologicamente, os indivíduos atribuem a eles. Este texto analisa alguns aspectos sobre a psicologia dos grandes grupos e sua psicodinâmica interna e específica. Toma como referência grupos étnicos, nacionais, religiosos e ideológicos cujo pertencimento dos sujeitos iniciou-se na infância. O autor faz uma comparação entre o processo de luto em indivíduos e o processo de luto em grandes grupos para ilustrar por que é necessário investir no conhecimento da psicologia destes últimos como um objeto específico. O autor descreve, ainda, sinais e sintomas de regressão em grandes grupos. Quando há ameaça à identidade coletiva, pode ocorrer um processo de violência de massas que obviamente influencia a saúde pública.

Identidade de grandes grupos; Regressão de grandes grupos; Guerras; Luto; Traumas selecionados


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br