Aspectos relacionados à administração e conservação de vacinas em centros de saúde no Nordeste do Brasil

Aspects related to vaccine management and preservation in healthcare centers in the Northeastern Brazil

O estudo caracteriza a experiência e atualização do conhecimento sobre imunização da equipe de enfermagem responsável pelas salas de vacinas, descreve as condições de trabalho nesse setor a partir da visão dessa equipe e identifica os procedimentos e atividades diárias realizados por esses profissionais. Trata-se de estudo transversal, realizado em 2007, nas salas de vacinas de 11 Centros de Saúde da Família (CSF) em Fortaleza (CE), com a participação de 22 profissionais da equipe de enfermagem. Utilizou check-list e questionário autoaplicável como instrumentos de coleta. Entre as participantes, 44,4% das enfermeiras e 30,8% dos técnicos/auxiliares têm mais de cinco anos de experiência; 55,6% das enfermeiras não possuíam treinamento em vacinas; 88,9% das enfermeiras e 76,9% dos outros profissionais se mantêm atualizados consultando livros, manuais e Internet. Detectaram-se lacunas quanto a estrutura física, verificação e registro do mapa de temperatura e orientações sobre os efeitos pósvacinais na maioria das salas estudadas. O estudo sinaliza que gerenciar o trabalho com imunobiológicos requer conhecimento e treinamento específico para que se possa ofertar serviço de qualidade e que não comprometa a erradicação e o controle de doenças imunopreveníveis.

Imunização; Vacinas; Equipe de enfermagem; Cadeia de frio


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br