Análise do tratamento das comorbidades e do perfil de consultas médicas do diabetes mellitus

Camilo Molino Guidoni Anna Paula de Sá Borges Osvaldo de Freitas Leonardo Régis Leira Pereira Sobre os autores

Analisar o perfil de consultas médicas e de medicamentos para o tratamento de comorbidades em pacientes com diabetes atendidos no Sistema Único de Saúde. Estudo farmacoepidemiológico e transversal realizado de mar/2006 a fev/2007. Foram incluídos no estudo portadores de diabetes atendidos no Distrito Sanitário Oeste de Ribeirão Preto (SP), sendo analisadas as consultas médicas realizadas na atenção primária, secundária e emergência, além dos medicamentos prescritos para tratamento de comorbidades associadas ao diabetes. Foram identificados 3.198 pacientes, com idade média de 60,4 anos e aproximadamente 55,0% idosos. Os medicamentos do sistema cardiovascular foram os mais prescritos, sendo que 60,0% dos pacientes utilizavam captopril ou enalapril. Além disso, 40,6% dos pacientes faziam uso de ácido acetilsalicílico em dose antiagregante plaquetário. Em relação às consultas médicas, os pacientes apresentaram média de 5,1 visitas ao ano, na atenção primária, na atenção secundária e no atendimento de emergência. A utilização de ácido acetilsalicílico e estatina foram menores do que a relatada na literatura e os dados indicam uma alta prevalência de admissão no atendimento de emergência.

Sistema Único de Saúde; Diabetes mellitus; Complicações do diabetes; Farmacoepidemiologia; Atenção Primária à Saúde


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br