Programa Saúde da Família: supervisão ou "convisão"? Estudo de caso em município de médio porte

The Family Health Program: supervision or "shared vision"? A case study in a medium-sized Brazilian city

O estudo, de natureza qualitativa, utiliza como estratégia metodológica o estudo de caso para discutir a supervisão no Programa Saúde da Família (PSF) do Município de Teresópolis, Estado do Rio de Janeiro. A supervisão é um instrumento de gestão de programas de saúde, motivo pelo qual objetivou-se analisá-la com base nos seguintes objetivos: descrever as características e o padrão de funcionamento da supervisão, identificar fatores subjetivos intrínsecos à dinâmica do processo, delinear o perfil do supervisor do PSF e refletir sobre a supervisão como fator essencial de implantação e implementação do programa. Foram pesquisados documentos, feita observação livre e entrevistados supervisores e membros das equipes que compõem o PSF de Teresópolis, para identificar percepções, atitudes, valores e tendências destes em relação à supervisão. O estudo permitiu discutir a supervisão participativa, baseada nas relações horizontais entre os participantes. Esta deve refletir sobre as práticas de saúde, estimular a autonomia dos atores envolvidos e contribuir para a sustentação de programas compatíveis com a mudança do modelo de atenção brasileiro.

Programa Saúde da Família; Supervisão; Cuidados de Saúde


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br