Accessibility / Report Error

Parasitismo por Ascaris lumbricoides em crianças menores de dois anos: estudo populacional em comunidade do Estado do Rio de Janeiro

Ascaris lumbricoides in infants: a population-based study in Rio de Janeiro, Brazil

A prevalência e a intensidade da infecção por Ascaris lumbricoides foram analisadas mediante um estudo transversal em crianças residentes no Município de Duque de Caxias, no Estado do Rio de Janeiro, entre julho e dezembro de 1997. A população do estudo foi constituída por crianças com menos de dois anos de idade e as mães das crianças menores de um ano. As amostras fecais foram recolhidas nos domicílios em frascos contendo solução conservadora de MIF e processadas por meio das técnicas de MIFC e Kato-Katz. As prevalências de infecção por A. lumbricoides observadas foram 3,3% (I.C. 95% 1,0 - 7,8) para os menores de um ano, 30,7% (I.C. 95% 25,4 - 36,4) para as crianças com um ano de idade e 42,3% (I.C. 95% 33,0 - 51,9) para as mães. Infecção com carga parasitária moderada/pesada foi observada em cerca de 38% das crianças com um ano de idade e 36,0% das mães. Estes resultados demonstram a importância da ascariose já no primeiro ano de vida e indicam a necessidade de aprofundamento na investigação desta parasitose na população materno-infantil.

Parasitos; Ascaris lumbricoides; Lactentes; Estudos Transversais; Epidemiologia


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br