Níveis séricos de cádmio em uma amostra de doadores de sangue na Amazônia Ocidental, Brasil, 2010-2011

André Ricardo Maia da Costa de Faro Wagner de Jesus Pinto Aldo Pacheco Ferreira Fernando Barbosa Júnior Vanessa Cristina de Oliveira Souza Denys Eiti Fujimoto Rosalina Jorge Koifman Sérgio Koifman Sobre os autores

Objetivou-se, por meio de estudo transversal, determinar a distribuição dos níveis séricos de cádmio (Cd) em doadores de sangue em Rio Branco, Acre, Brasil. O sangue foi obtido de 922 doadores voluntários entre 18 e 65 anos no Hemoacre, entre 2010-2011. A média da concentração de Cd foi de 0,37µg/L (IC95%: 0,33-0,41). Houve tendência de aumento com a diminuição do nível de escolaridade; indivíduos com menos de cinco anos de estudo apresentaram média de 0,61µg/L (IC95%: 0,34-0,89), enquanto aqueles com mais de nove anos de estudo obtiveram média de 0,34µg/L (IC95%: 0,28-0,40). A média da concentração de Cd apresentou-se três vezes maior entre os fumantes. O tabagismo demonstrou associação positiva com OR 12,36 (IC95%: 7,70-19,84). Já a concentração de Cd entre os indivíduos com hábitos de tomar chás apresenta- se menor quando comparada àqueles que não utilizam. Os níveis séricos de Cd foram, em sua maioria, abaixo do valor de referência (88,3% dos participantes). As médias encontradas no presente estudo indicam que, no geral, a população estudada não está exposta a níveis preocupantes de exposição ao Cd.

Cádmio; Doadores de Sangue; Estudos Transversais


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br