Prevalência de anemia e fatores associados em mulheres adultas residentes em São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil

Anemia prevalence and associated factors among adult women in São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brazil

Com o objetivo de estudar a prevalência de anemia (hemoglobina < 12g/dl) e os fatores associados, foi realizado um estudo transversal de base populacional com uma amostra representativa de 312 mulheres de 20 a 60 anos residentes em São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil. As análises bivariadas incluíram testes de qui-quadrado, cálculo das razões de prevalências (RP) e intervalos de confiança de 95% (IC 95%). A análise multivariada foi realizada utilizando regressão de Poisson com variância robusta. Entre o total das mulheres 19,2% (IC95%: 14,8-23,6) estavam anêmicas. A maior prevalência ocorreu nas mulheres negras (54%). Após controle para fatores de confusão, as mulheres negras apresentaram um risco de anemia cerca de três vezes maior comparadas com as brancas (RP = 3,17; IC95%: 1,85-5,41; p < 0,001). Para as mulheres de 50 anos ou mais de idade foi observado um efeito protetor em comparação com as mulheres jovens (RP = 0,44; IC95%: 0,19-1,07; p = 0,07). Os resultados do presente estudo indicam a necessidade de focalização das políticas públicas de combate à anemia, especialmente em mulheres negras.

Anemia; Prevalência; Mulheres; Fatores de Risco


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br