O pensamento social em saúde na América Latina: revisitando Juan César García

El pensamiento social en salud en Latinoamérica: releyendo a Juan César García

Social thinking in health in Latin America: revisiting Juan César García

O artigo elabora uma reconstituição do pensamento social em saúde do médico e sociólogo argentino Juan César García (1932-1984), analisando os principais trabalhos que trataram da sua obra e das suas atividades. Situa o seu pensamento nos dois campos que marcaram sua produção: a medicina social e as ciências sociais de 1960 até a segunda metade dos anos 80. Destaca-se a sua participação junto à Organização Pan-Americana da Saúde e a sua perspectiva de analisar a medicina social e as ciências sociais relacionando-as não somente ao contexto histórico, social, econômico e político latino-americano, mas dentro do enfoque do materialismo histórico: vinculação da medicina à estrutura social; influência da estrutura social na produção e distribuição da doença; análise interna da produção de serviços médicos; relação da formação de pessoal de saúde com o campo médico. Destaca que a sua obra pode ser, ainda hoje, referência quando se discutem temas como a educação médica, a formação de profissionais em saúde, o papel da ciência e da tecnologia, as ciências sociais no ensino médico, e aspectos históricos da saúde pública.

Medicina Social; Ciências Sociais; Educação Médica


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br