Accessibility / Report Error

Distribuição geográfica dos médicos no Brasil: uma análise a partir de um modelo de escolha locacional

Geographic distribution of physicians in Brazil: an analysis based on a locational choice model

A localização dos médicos exerce influência no bem-estar de uma comunidade, pois, estes são provedores diretos dos serviços de saúde. Contudo, a distribuição dos médicos resultante do processo de escolha locacional realizado pelos mesmos, muitas vezes não coincide com o que seria considerado socialmente adequado. O objetivo deste artigo é, por meio de um modelo Probit de escolha binária, modelar a decisão locacional dos médicos com base nos dados da PNAD e analisar o papel de alguns fatores destacados na literatura como sendo importantes para a compreensão de sua escolha locacional e, conseqüentemente, da sua distribuição geográfica no Brasil. Os resultados apontam uma atração exercida pelas vagas em programas de residência, indicando que a probabilidade de um médico ser não-natural é maior em Estados que oferecem mais vagas. Desta maneira, podemos indicar a concentração dos programas de residência nas regiões Sul e Sudeste como sendo um dos fatores que promovem a desigual distribuição geográfica dos médicos. O Norte e o Centro-oeste destacam-se como regiões atrativas para médicos migrantes.

Médicos; Distribuição de Médicos; Comportamento de Escolha


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br