Deficiência de iodo e fatores associados em lactentes e pré-escolares de um município do semiárido de Minas Gerais, Brasil, 2008

Iodine deficiency and associated factors in infants and preschool children in an urban community in the semiarid region of Minas Gerais State, Brazil, 2008

O objetivo do estudo foi avaliar a prevalência de deficiência de iodo em crianças de 6 a 71 meses em Novo Cruzeiro, Minas Gerais, Brasil. Foram analisadas 475 crianças alocadas por amostragem probabilística estratificada em relação às concentrações de iodo no sal de consumo familiar e excreção urinária de iodo. Observou-se excreção deficiente de iodo em 34,4% das crianças; entre as quais, 23,5% apresentaram deficiência leve; 5,9%, moderada; e 5%, grave. Diferença na distribuição da deficiência de iodo urinário foi constatada entre o meio urbano e rural (p < 0,001), registrando concentrações medianas de iodúria de 150,8µg/L e 114,3µg/L, respectivamente. Observou-se alta proporção de deficiência entre crianças cujo teor de iodo no sal de consumo encontrava-se abaixo da recomendação. A deficiência de iodo em Novo Cruzeiro não constitui problema de saúde pública segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), embora apresente prevalência ainda expressiva. A distribuição limítrofe de iodúria associada a baixos níveis de iodo no sal sugere que as ações de controle dessa carência ainda não são completas no país.

Iodine; Iodine Deficiency; Preschool Child


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br