Prevalência de síndrome metabólica e seus componentes na transição menopáusica: uma revisão sistemática

Prevalence of metabolic syndrome and its components in the menopausal transition: a systematic review

A síndrome metabólica é um transtorno complexo, caracterizado por um agrupamento de fatores de risco cardiovascular. Sugere-se que a fase da transição menopáusica possa ser um determinante importante no aumento da prevalência da síndrome metabólica. O presente estudo teve como objetivo verificar, por meio de uma revisão sistemática, a prevalência de síndrome metabólica e dos seus componentes na transição menopáusica. Três revisores fizeram a busca dos artigos na base de dados do PubMed. A qualidade dos artigos foi avaliada usando-se o Strengthening the Reporting of Observational Studies in Epidemiology (STROBE). Com base nos estudos analisados, a prevalência de síndrome metabólica aumenta na comparação do período da pré para a pós-menopausa, independentemente da população e do delineamento do estudo. Quanto aos componentes, a alteração foi mais expressiva nas medidas de circunferência da cintura e pressão arterial. Sugere-se que esses componentes sejam os que exercem maior influência na prevalência de síndrome metabólica.

Síndrome X Metabólica; Menopausa; Pós-menopausa; Perimenopausa; Pré-menopausa


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br