Serpentes da área urbana de Cuiabá, Mato Grosso: aspectos ecológicos e acidentes ofídicos associados

Snakes from the urban area of Cuiabá, Mato Grosso: ecological aspects and associated snakebites

São apresentadas informações sobre as serpentes da área urbana do Município de Cuiabá, Mato Grosso, potencialmente causadoras de acidentes ofídicos. As informações estão baseadas em exemplares doados por populares ao Núcleo de Ofiologia Regional de Mato Grosso (Normat) entre 1986 e 1993 e em registros efetuados pelo Centro de Informações Anti-Veneno (Ciave) entre 1988 e 1993, que não fazem referência ao animal causador. Foram catalogadas 37 espécies de serpentes, em 25 gêneros e 3 famílias, com hábitos predominantemente diurnos, terrestres e com dietas baseadas em anfíbios e/ou lagartos. Dentre os 307 acidentes ofídicos registrados, 56% foram causados por serpentes sem interesse médico e 44% constituíram acidentes de importância médica. Cerca de 99% dos acidentes de importância médica foram atribuídos ao gênero Bothrops (Bothrops moojeni e Bothrops neuwiedi seriam as principais causadoras). Dentre as espécies sem interesse médico, Philodryas olfersii e Waglerophis merremii provavelmente foram as principais responsáveis pela maior parte dos acidentes.

Cobras; Mordeduras de Cobra; Zonas Urbanas


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br