Soroprevalência de marcadores de hepatite B e hepatite C em adolescentes no Sul do Brasil

Este estudo teve como objetivo determinar a prevalência de marcadores do vírus da hepatite B (HBV) e do vírus da hepatite C (HCV) entre adolescentes com idade entre 10 e 16 anos, alunos do Ensino Fundamental da cidade de Chapecó, Santa Catarina, Brasil. Trata-se de um estudo transversal incluindo 418 voluntários, realizado entre março e julho de 2008. As análises sorológicas incluíram: HBsAg, anti-HBc, anti-HBs e anti-HCV. Os testes foram realizados em Ensaio Enzimático de Micropartículas (Abbott, AxSYM System, Wiesbaden, Alemanha). A prevalência de HBsAg foi de 0,2% (IC95%: 0,0-1,3), e a prevalência de anti-HBc foi de 1,4% (IC95%: 0,5-3,1). Quanto ao anti-HBs, 48,6% dos voluntários apresentaram títulos maiores que 10UI/L. Nenhum dos voluntários apresentou resultados reativos para anti-HCV. Este estudo demonstrou uma baixa prevalência de marcadores de infecção HBV e HCV e um grande número de voluntários imunizados contra o HBV. Finalmente, demonstrou-se a importância de campanhas e políticas adequadas de saúde na redução dessas prevalências.

Hepatite B; Hepatite C; Vacinação; Estudos Soroepidemiológicos


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br