Fatores de risco para infecções associadas aos cuidados de saúde em unidades de terapia intensiva pediátrica: uma revisão sistemática

Realizou-se revisão sistemática de estudos observacionais sobre fatores de risco para infecção relacionada aos cuidados de saúde em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica. Foram incluídos estudos em inglês, francês, espanhol ou português indexados no MEDLINE, LILACS, Cochrane Library, BDENF, CAPES, entre 1987 e 2006. As palavras-chave foram "Infecção Hospitalar" e "Unidades de Terapia Intensiva Pediátricas", com diferentes formas de escrever. Onze artigos foram selecionados a partir de 419 resumos encontrados: quatro tinham como desfecho infecção em qualquer topografia; três eram sobre infecções de vias aéreas inferiores; três estudaram infecção da corrente sanguínea confirmada laboratorialmente e um analisou infecção do trato urinário. A produção de evidências na UTI pediátrica não vem acompanhando o ritmo dos estudos em adultos - existem poucos estudos com desenhos e análise estatística adequados. A diversidade metodológica não permitiu a realização de medição sumarizada dos fatores de risco.

Infecção Hospitalar; Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica; Assistência à Saúde


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br