Ocorrência de imposex em Thais haemastoma: possíveis evidências de contaminação ambiental por compostos organotínicos no Rio de Janeiro e em Fortaleza, Brasil

Marcos Antonio Fernandez Aricelso Maia Limaverde Italo Braga de Castro Ana Cristina Martins Almeida Angela de Luca Rebello Wagener Sobre os autores

Existem evidências de que a utilização amplamente disseminada de compostos organoestânicos (TBT e TPT) como antiincrustantes, estabilizadores em plásticos e como pesticidas tenha afetado severamente diversas espécies de organismos marinhos. O mais característico efeito do TBT e do TPT como desreguladores endócrinos é o desenvolvimento de caracteres sexuais masculinos em fêmeas de gastrópodos, conhecido como imposex. Esta síndrome pode levar à esterelização e morte dos organismos afetados. O presente trabalho apresenta uma vista geral ao estado atual do conhecimento sobre a ocorrência do imposex, e reporta os resultados de um estudo conduzido na Baía de Guanabara, Rio de Janeiro, e ao longo da costa de Fortaleza, no Ceará. Diferentes estágios de desenvolvimento do imposex foram verificados neste estudo, os mais proeminentes parecendo associados às fontes pontuais locais conhecidas de TBT e TPT.

Compostos Orgânicos de Estanho; Thais haemastoma; Imposex; Desreguladores Endócrinos


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br