Caracterização do uso de medicamentos entre idosos de uma unidade do Programa Saúde da Família

Use of medicines by the elderly in a Family Health Program unit in Brazil

O uso de múltiplos medicamentos é uma condição freqüente entre os idosos, que, apesar de necessária, na maioria das vezes, predispõe a riscos em relação aos efeitos adversos e à interação medicamentosa. No presente estudo foi proposto verificar as características do uso de medicamentos, entre os idosos, considerando o perfil sócio-demográfico, as classes medicamentosas mais utilizadas por eles e dados referentes à adesão. Trata-se de um estudo descritivo, realizado com 301 idosos da área de abrangência de um Programa Saúde da Família (PSF), por meio de um inquérito realizado no domicilio do idoso, seguindo roteiro previamente estruturado. Destaca-se, entre os idosos, o predomínio do sexo feminino, analfabetismo, alterações no estado cognitivo e dependências diversas. Apresentam, em média, 2,5 diagnósticos e utilizam 2,9 medicamentos/idoso. Alguns dos medicamentos são considerados de risco para a faixa etária. Dados de adesão aos medicamentos revelam dependência na administração, automedicação, esquecimento e conhecimento deficiente. Considera-se necessário acompanhamento sistemático dos idosos que utilizam múltiplos medicamentos, incentivo a medidas não-farmacêuticas, com ênfase nas ações educativas para mudança no estilo de vida, contando com uma equipe multiprofissional.

Uso de Medicamentos; Idoso; Programa Saúde da Família


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br