Revisão sistemática das características físico-químicas dos poluentes atmosféricos provenientes das queimadas e combustíveis fósseis e efeitos na saúde no Brasil

Beatriz Fátima Alves de Oliveira Eliane Ignotti Sandra S. Hacon Sobre os autores

O objetivo deste estudo foi revisar as publicações científicas em relação às características dos poluentes atmosféricos, especialmente material particulado (PM), e os efeitos respiratórios na saúde, segundo diferentes fontes de emissões, no período de 2000 a 2009, no Brasil. Revisão sistemática da literatura realizada em bases de dados eletrônicas. Foram analisadas publicações relacionadas às características físico-químicas dos poluentes, segundo diferentes fontes de emissões e estudos relativos aos efeitos no sistema respiratório. O PM é composto predominantemente de compostos orgânicos e 20% de elementos inorgânicos. Altas concentrações de metais foram identificadas em áreas metropolitanas quando comparadas às regiões de queimadas. O risco relativo de internações hospitalares por doenças respiratórias em crianças foi superior àqueles encontrados em idosos. Os resultados dos estudos sobre os efeitos da poluição do ar na saúde não devem ser transferidos para áreas com diferentes fontes de emissão.

Poluentes Ambientais; Poluentes do Ar; Material Particulado; Doenças Respiratórias


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br