Avaliação de medidas de controle de flebotomíneos no norte do Estado do Paraná, Brasil

Evaluation of sandfly control measures in northern Paraná State, Brazil

Comparam-se os resultados de coletas de flebotomíneos de abril de 2001 a setembro de 2002 com os resultados de coletas de outubro de 1996 a setembro de 1997 e de outubro de 1998 a abril de 2000, para avaliar as medidas empregadas para diminuir a densidade destes insetos, no Recanto Marista, Município de Doutor Camargo, Estado do Paraná, Brasil. As coletas de flebotomíneos foram feitas com armadilhas do tipo Falcão, em domicílios e galinheiros, das 22 às 2 horas, duas vezes ao mês. Em 2001/2002 coletaram-se 199.821 flebotomíneos, com média horária de 1.625,5 insetos; em 1996/1997 e 1997/1998, estas médias foram 1.641,9 e 806,7, respectivamente. Nyssomyia neivai predominou (90,4%) em todos os ecótopos. Esta espécie, juntamente com N. whitmani, Migonemyia migonei e Pintomyia fischeri representaram 99,9% do total coletado. A média horária do total de flebotomíneos aumentou, contudo, 85% destes insetos foram coletados nos galinheiros construídos com a finalidade de atraí-los, diminuindo a densidade dos mesmos nos demais ambientes, especialmente no domicílio.

Leishmaniose Americana; Controle de Vetores; Psychodidae


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br