Enteroparasitoses em pré-escolares de comunidades favelizadas da cidade do Rio de Janeiro, Brasil

Intestinal parasitoses in low-income children under five years of age in Rio de Janeiro, Brazil

A prevalência das enteroparasitoses foi verificada através de inquérito coproparasitológico realizado de março de 1990 a outubro de 1991, em 1.381 pré-escolares provenientes de quatro comunidades faveladas da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Por meio da técnica de Blagg et al. (1955), foi encontrada uma positividade geral de 54,5. Os parasitos mais freqüentes foram Giardia lamblia e Ascaris lumbricoides, em cerca de 25,0% das crianças investigadas. Correlação estatisticamente significativa foi observada entre idade e positividade nas crianças menores de três anos. Sugerimos que tratamento antiparasitário e modificações ambientais sejam implementados para o controle das infecções parasitárias nesta população.

Parasitos; Pré-Escolar; Áreas de Pobreza; Epidemiologia


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br