Avaliação da efetividade de uma oficina educativa para gestantes com o uso de inquéritos pré- e pós-intervenção

Rodrigo Dias Nunes Ana Gabriela Puel Natália Gomes Jefferson Traebert Sobre os autores

Resumo:

O artigo relata os achados de uma intervenção educativa através de uma oficina para fornecer informações às mulheres sobre a gravidez, parto, aleitamento e cuidados do recém-nascido. Foi realizado um estudo transversal com um desenho de pesquisa de intervenção, com 105 gestantes usuárias de um serviço obstétrico, ao longo de dois anos. Os dois momentos (pré- e pós-intervenção) foram comparados com o uso do teste t de Student ou ANOVA, com nível de significância de p ≤ 0,05. Após a intervenção, todos os itens aumentaram de nível nas três dimensões: atendimento pré-natal (20,4%), trabalho de parto e nascimento (36,8%) e pós-parto e aleitamento (32,1%). A pontuação total dos inquéritos também aumentou em 31,7% na comparação das aplicações pré e pós-intervenção (p < 0,001). Ficou evidenciada a importância de estratégias para melhorar o conhecimento das gestantes sobre a gravidez e seu entorno. A proposta da oficina resultou em aumento nesse conhecimento e deverá trazer melhores resultados no curto e longo prazo.

Palavras-chave:
Gestantes; Educação em Saúde; Complicações na Gravidez; Aleitamento Materno

Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br