Globalização e doença: num mundo desigual, saúde desigual!

No presente texto, originalmente apresentado em evento promovido pelos National Institutes of Health, dos Estados Unidos, o autor analisa as repercussões da globalização sobre a saúde em diversos aspectos: a disseminação das doenças infecto-parasitárias, o bioterrorismo, os novos padrões comportamentais em saúde, entre outros. Examina ainda os efeitos positivos e negativos dos acordos entre nações sobre a saúde, particularmente na área do comércio, incluindo o Acordo Trips, sobre os medicamentos na área da saúde pública. Conclui que a retomada da cooperação entre as nações é o melhor caminho para o avanço mundial da saúde pública.

Iniqüidade Social; Comércio; Saúde Mundial; Globalização


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br