Accessibility / Report Error

Efeito do tempo de espera para radioterapia na sobrevida geral em cinco anos de mulheres com câncer do colo do útero, 1995-2010

Effect of waiting time for radiotherapy on five-year overall survival in women with cervical cancer, 1995-2010

Efecto del tiempo de espera para radioterapia en una sobrevida global en 5 años de mujeres con cáncer del cuello uterino, 1995-2010

Maria Isabel do Nascimento Gulnar Azevedo e Silva Sobre os autores

Resumo

A sobrevida geral em cinco anos e os fatores associados ao óbito foram avaliados em uma coorte de 342 mulheres com câncer do colo uterino indicadas para radioterapia na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro, Brasil. A sobrevida geral foi de 25,3%, alcançando 60,8% para os casos até IIA. O ajustamento com uso do modelo de riscos proporcionais de Cox estendido mostrou risco de óbito aumentado para tumores IIB-IIIB (HR = 1,89; IC95%: 1,214; 2,957) e IVA-IVB (HR = 5,78; IC95%: 2,973; 11,265). A captação por citologia (HR = 0,58; IC95%: 0,362; 0,961) e o encaminhamento direto para o serviço de radioterapia na Baixada Fluminese (HR = 0,60; IC95%: 0,418; 0,875) foram os principais fatores protetores encontrados. O tempo de espera pela radioterapia (> 60 dias versus ≤ 60 dias) foi não estatisticamente significativo, porém o retardo de quatro dias piorou os resultados (HR = 1,70; IC95%: 1,153; 2,513). O limite de 60 dias para iniciar a radioterapia deve ser respeitado com rigor, pois, a partir de 64 dias, o retardo mostrou associação significativa entre todos os pontos de corte de tempo de espera analisados e o risco de morte em cinco anos.

Neoplasias do Colo do Útero; Radioterapia; Listas de Espera; Prognóstico; Análise de Sobrevida

Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br