Prevalência de infecção por Leishmania chagasi utilizando os métodos de ELISA (rK39 e CRUDE) e intradermorreação de Montenegro em área endêmica do Maranhão, Brasil

Prevalence of infection by Leishmania chagasi using ELISA (rK39 and CRUDE) and the Montenegro skin test in an endemic leishmaniasis area of Maranhão, Brazil

Maria do Desterro Soares Brandão Nascimento Edilberto Costa Souza Leopoldo Muniz da Silva Plinio da Cunha Leal Karleno de Lima Cantanhede Geusa Felipa de Barros Bezerra Graça Maria de Castro Viana Sobre os autores

Realizou-se estudo prospectivo com 1.520 indivíduos menores de 15 anos no Município de São José de Ribamar, Maranhão, Brasil, de junho de 1994 a janeiro de 1995, com o objetivo de avaliar a prevalência e as características (fatores sócio-econômicos, ambientais e hábitos de vida) associadas à infecção por Leishmania chagasi. Realizou-se Intradermorreação de Montenegro (IDRM) e sorologia por Enzyme Linked Immunosorbant Assay (ELISA-rK39 e CRUDE). Na análise estatística foi utilizado o teste chi2 com correção de Yates, sendo considerado significante um valor de p < 0,05. A prevalência de infecção foi de 61,7% pela IDRM, 19,4% pelo ELISA-rK39 e 19,7% pelo ELISA-CRUDE. Foi observada associação entre leishmaniose na família (p = 0,001), tipo de abastecimento de água (p = 0,000) e aplicação de inseticida (p = 0,000) com a infecção por L. chagasi pela IDRM. Nenhuma associação com infecção por L. chagasi foi observada utilizando-se a sorologia ELISA-rK39 ou CRUDE. Medidas de controle mais efetivas são necessárias para reduzir a prevalência da doença e detectar casos assintomáticos dentre o elevado porcentual de infectados nessa localidade.

Leishmaniose Visceral; Infecção; Prevalência


Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rua Leopoldo Bulhões, 1480 , 21041-210 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel.:+55 21 2598-2511, Fax: +55 21 2598-2737 / +55 21 2598-2514 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br
Accessibility / Report Error