Modelagem da absorção de água por carcassas de frango durante o resfriamento por imersão

Neste trabalho, foi realizada a modelagem da absorção de água que ocorre no processo de resfriamento de carcaças de frango por imersão utilizando Redes Neurais Artificiais. Dados de vinte e cinco variáveis independentes e da massa final da carcaça foram coletados em uma planta industrial para ajustar o modelo. Foram testadas diferentes estruturas de redes com uma camada oculta e o método Downhill Simplex foi empregado para otimizar os pesos sinápticos. No intuito de acelerar os cálculos de otimização, a Análise de Componentes Principais (ACP) foi utilizada para pré-processar os dados de entrada. Os resultados obtidos foram: i) com a ACP reduziu-se o número de varáveis de entrada das redes para dez; ii) a modelagem com a rede neural de estrutura 4-6-1 foi a que apresentou os melhores resultados; iii) a ACP indicou a seguinte ordem de relevância: parâmetros de transferência de massa, transferência de calor e características iniciais da carcaça. As principais contribuições deste trabalho foram fornecer um modelo preciso para predizer o teor final de água nas carcaças, bem como uma melhor compreensão acerca das variáveis envolvidas.

chillers; redes neurais artificiais; retenção de água


Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Av. Brasil, 2880, Caixa Postal 271, 13001-970 Campinas SP - Brazil, Tel.: +55 19 3241.5793, Tel./Fax.: +55 19 3241.0527 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revista@sbcta.org.br