Modelagem teórica de crescimento de Staphylococcus aureus em um produto à base de carne cozida deixada à temperatura ambiente, usando perfis de temperatura de cidades do México

Um modelo teórico é utilizado para prever o crescimento de Staphylococcus aureus em um produto à base de carne (pasteurizado) deixado por várias horas à temperatura ambiente. Para isso, perfis de temperatura de algumas cidades do México foram combinados com resultados de literatura sobre a cinética de crescimento de S. aureus. Como demonstrado por previsões teóricas, se o alimento é deixado à temperatura ambiente, a utilização da média diária da temperatura pode não dar previsões exatas.

microbiologia preditiva; carnes cozidas; tempo de geração


Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Av. Brasil, 2880, Caixa Postal 271, 13001-970 Campinas SP - Brazil, Tel.: +55 19 3241.5793, Tel./Fax.: +55 19 3241.0527 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revista@sbcta.org.br