Aplicação do modelo Doehlert na otimização das variáveis experimentais para a lise de Pseudozyma sp. (CCMB 306) e Pseudozyma sp. (CCMB 300)

O presente trabalho visou verificar a influência do pH e temperatura na lise de leveduras utilizando planejamento experimental. No estudo, foi utilizado o extrato enzimático, contendo β-1,3-glucanase e quitinase líticas, obtidas do micro-organismo Moniliophthora perniciosa. O delineamento experimental mostrou que as melhores condições para a lise de Pseudozyma sp. (CCMB 306) e Pseudozyma sp. (CCMB 300), pelas enzimas líticas, foram pH 4,9 a 37 ºC, pH 3,9 a 26,7 ºC, respectivamente. As enzimas líticas podem ser utilizadas para a obtenção de vários produtos biotecnológicos a partir de leveduras.

enzimas líticas; otimização multivariada; matriz doehlert


Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Av. Brasil, 2880, Caixa Postal 271, 13001-970 Campinas SP - Brazil, Tel.: +55 19 3241.5793, Tel./Fax.: +55 19 3241.0527 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revista@sbcta.org.br