Ação tóxica do cádmio sobre a levedura Saccharomyces cerevisiae PE-2: influência do ph e conteúdo de dextrose e extrato de levedura no meio

O objetivo deste estudo foi avaliar a influência de alguns fatores químicos na sensibilidade da levedura Saccharomyces cerevisiae PE-2 ao cádmio. Em um primeiro ensaio, os meios YED com diferentes valores de pH (2, 3, 4, 5, 6, 7, e 8) e acrescidos de 0,0 e 0,05 mmol Cd L-1 foram inoculados e incubados a 30 °C por 18 horas. Durante o crescimento anaeróbio foi determinada a concentração celular. No início e ao final do estágio de crescimento determinaram-se os teores de trealose, a viabilidade celular e a taxa de brotamento da levedura. Em um segundo ensaio, os meios foram diluídos a ½ e ¼ para dextrose e extrato de levedura e adicionados de 0,0 e 0,05 mmol Cd L-1. O pH dos meios foi ajustado para 5. Após a inoculação, os frascos foram incubados a 30 °C por 18 horas. O crescimento não foi afetado pelo cádmio, porém em níveis mais baixos os sintomas de toxidade apareceram. O decréscimo da concentração de extrato de levedura e o incremento na concentração de dextrose aumentaram a susceptibilidade da levedura ao cádmio.

levedura; cádmio; dextrose; extrato de levedura; pH


Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Av. Brasil, 2880, Caixa Postal 271, 13001-970 Campinas SP - Brazil, Tel.: +55 19 3241.5793, Tel./Fax.: +55 19 3241.0527 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revista@sbcta.org.br