A interpretação de conferências: interfaces com a tradução escrita e implicações para a formação de intérpretes e tradutores

Conference interpreting interfaces with written translation and implications for interpreter and translator training

O presente trabalho faz uma breve retrospectiva da interpretação de conferências e apresenta semelhanças e diferenças entre o processo de tradução (escrita) e o de interpretação (oral). Tomando como base teórica a Teoria Interpretativa da Tradução, desenvolvida na Escola Superior de Intérpretes e Tradutores (ESIT) da Universidade Paris III (Sorbonne Nouvelle), o trabalho mostra como, apesar de semelhanças teóricas, os dois processos são operacionalizados de maneiras bastante diferentes. A seguir, discute algumas implicações para a formação de tradutores e de intérpretes resultantes da operacionalização dos dois processos.

Tradução; Interpretação; Teoria Interpretativa da Tradução; Formação de Tradutores e de Intérpretes


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP PUC-SP - LAEL, Rua Monte Alegre 984, 4B-02, São Paulo, SP 05014-001, Brasil, Tel.: +55 11 3670-8374 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: delta@pucsp.br